Archive for the ‘ Economia ’ Category

Diminui o orçamento da Subprefeitura Jaraguá/Pirituba para 2012

No final do ano de 2011, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou um aumento de mais de R$3 bilhões no orçamento da capital paulista para o ano de 2012. Com o aumento, o orçamento previsto para a Prefeitura de São Paulo ultrapassa os R$38 bilhões, que serão aplicados, entre outros destinos, em educação, saúde, pagamento de dívidas, juros, amortizações e precatórios, aumento na gratificação destinada aos professores, guardas civis metropolitanos e profissionais da área da saúde, projetos urbanos na cidade e, claro, obras de “maquiagem eleitoral”, já que neste ano a população irá às urnas decidir quem ocupará a cadeira de prefeito no próximo ano.

Porém, apesar do aumento no orçamento, o repasse do dinheiro para as subprefeitura teve cortes que chegam à 45% em algumas das subprefeituras da capital, como é o caso de M’Boi Mirim, ou Capela do Socorro, que teve um corte de 29%. Em contrapartida, a subprefeitura de Pinheiros, que hoje tem um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) superior à Noruega, foi ‘premiada’ com 15% de aumento no orçamento para o ano de 2012.

Para nós, moradores localizados na área da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, as notícias não são das melhores. Com um orçamento de R$36.220.114 em 2011, a Câmara aprovou uma redução de 4% para esse ano, estabelecendo como orçamento um valor de R$34.757.566.

Fonte: Prefeitura de São Paulo / G1 / O Estado de S.Paulo

Anúncios

EXCLUSIVO: Fotos do projeto Expo São Paulo

O BLOG DO JARAGUÁ conseguiu, com exclusividade, fotos do projeto inicial do complexo EXPO SÃO PAULO. O mega empreendimento, localizado entre os bairros de Jaraguá e Pirituba terá sua construção dividida em quatro etapas, conforme post publicado em 13/01 aqui no Blog do Jaraguá (veja aqui).

Confira as fotos.

PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES 1

CENTRO DE CONVENÇÕES

SHOPPING CENTER

HOTÉIS 1 E 2

Agradecimento: SP Turis

null

Agenda 2012

No início de 2009 foi criado pela Prefeitura de São Paulo um programa de metas chamado de Agenda 2012. Esse programa tem como objetivo apontar as ações prioritárias da administração em cada uma das 31 subprefeituras existentes na cidade.

O programa, que possui 223 metas a serem cumpridas até o final da gestão do atual prefeito, teve expeciências similares em outros lugares do mundo, como Minneapolis (EUA), Barcelona (Espanha) e Bogotá (Colômbia) e tende a deixar a cidade mais justa, sustentável, criativa, empregadora, eficiente e inclusiva aos cidadãos. São Paulo foi a primeira cidade brasileira a aprovar um programa de metas como esse. E, segundo lei criada pelo governo federal, todas as metas devem ser de conhecimento da população, por isso foi criado pela prefeitura paulistana o site www.agenda2012.com.br onde todo cidadão pode acompanhar o andamento de cada uma das metas definidas.

Aqui no Blog do Jaraguá você fica sabendo quais foram essas metas criadas pela Subprefeitura Pirituba / Jaraguá para o distrito do Jaraguá.


– Ampliação do Programa Saúde da Família
– Atendimento a 100% das crianças cadastradas para vagas em pré-escola (3 a 5 anos)
– Implantação da jornada de seis horas nas EMEIs
– Implantação da jornada de sete horas nas EMEFs
– Implantação do ciclo de nove anos no Ensino Fundamental
– Atendimento a família no Programa de Urbanização de Favelas
– Atendimento a família no Programa de Regularização Fundiária


– Profissionalização do estudante por meio de ensino técnico


– Implantação de Posto de Coleta Voluntária de Material Reciclável em escolas, unidades de saúde e outros locais conveniados
– Implantação do Programa Pura (economia de água) em 100% das escolas

As ações acima são as apontadas diretamente ao distrito do Jaraguá, mas não significa que apenas essas ações serão tomadas no bairro. Outras metas são aplicáveis a todo município, além de outras que não foram regionalizadas por completo.

Farei aqui no blog posts regulares a respeito desse programa, mas é possível fazer o monitoramento diretamente do site criado pela prefeitura.

null

Prefeitura anuncia a construção de Centro de Exposições em terreno entre Jaraguá e Pirituba

O prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab, anunciou no dia 29/12 o projeto da construção de um moderno Parque de Exposições e Eventos em terreno de utilidade pública situado entre os bairros de Pirituba e Jaraguá.

Conforme noticiado pelo Blog do Jaraguá no final de 2008 (veja aqui), o terreno compreende uma área de mais de 4,9 milhões de metros quadrados e o projeto do complexo, batizado de Expo São Paulo, prevê a construção de três parques de exposições totalizando 420 mil m² com capacidade para 6 mil pessoas (será um dos três maiores do mundo), um centro de convenções, hotéis, uma arena multiuso, um shopping center, entre outras construções.

A oportunidade de construir o mega empreendimento não poderia vir em melhor hora. Hoje São Paulo sedia 75% das feiras de negócios realizadas no Brasil e é o 12º destino do mundo no que diz respeito a eventos internacionais. Segundo dados da SPTuris, São Paulo realiza um evento a cada seis minutos e uma feira de negócios a cada três dias. E seu maior centro de exposições, o Anhembi – localizado na Marginal Tietê – está com 80% da agenda lotada até 2016.

Para a construção do Pólo de Eventos, a Prefeitura e Governo de São Paulo trabalharão com o modelo PPP (Parceria Público Privada), onde a prefeitura ficaria responsável  pela elaboração e execução do projeto,  que poderá custar até R$6 bilhões e o governo ficaria a cargo de melhorias com a infraestrutura e o transporte no local. Uma das principais ações do Governo será a execução de um acesso de aproximadamente um quilômetro ligando a Rodovia dos Bandeirantes até as ruas do bairro, sem utilizar as vias internas já existentes.

O edital de licitação deve ficar pronto ainda esse semestre. O Centro de Convenções deve ficar pronto até 2014 para receber a convenção da FIFA para a Copa do Mundo, já todo o complexo deve ser concluído em 2020, ano em que São Paulo pretende sediar a Expo Mundial.

A obra deve ser desenvolvido em quatro etapas, conforme números abaixo:

1ª etapa:
– Um parque de exposições de 160 mil m² com estacionamento de 7.200 vagas
– Um centro de convenções de 60 mil m² com capacidade de 6.500 lugares e 3.400 vagas de estacionamento
– Um shopping center com 42 mil m² e 1.500 vagas para veículos
– Um centro de logística de 22.900 m²
– Dois hotéis com 540 quartos
– Uma área de exposições descoberta com 171 mil m²
* Nessa primeira fase do projeto, serão construídos a infraestrutura necessária (sistema viário, canalização de córregos, redes de água e esgoto) e um dos dois acessos previstos à Rodovia dos Bandeirantes.

2ª etapa:
– Um pavilhão de exposições de 120 mil m²
– Três edifícios comerciais que somam 83 pavimentos
– Um Hotel Convention Center com 560 quartos.

3ª etapa:
– Um pavilhão de exposições com 140 mil m²
– Dois edifícios comerciais com 25 pavimentos.

4ª etapa:
– Uma arena multiuso com capacidade para 20 mil pessoas e 10 mil vagas de estacionamento.

Fonte: Prefeitura de São Paulo / Governo do Estado de SP / SPTuris

null

Linha 7 recebe novos trens a partir de abril

Dando continuidade ao Plano de Expansão do Transporte Metropolitano de São Paulo, a CPTM divulgou o modelo dos 48 novos trens que foram adquiridos pela Companhia.

Fabricados em Bilbao, na Espanha, os trens começaram a chegar no Brasil em janeiro desse ano e serão distribuídos para três linhas: Linha 7 Rubi (Francisco Morato – Luz), Linha 9 Esmeralda (Osasco – Grajaú) e Linha 12 Safira (Brás – Calmon Vianna).

Vinte desses novos trens serão destinados à linha 7, aumentando o conforto dos mais de 370 mil usuários que utilizam o transporte diariamente. O primeiro novo trem deve entrar em operação já no próximo mês de abril.

Os trens, bem mais modernos que os atuais que circulam na linha, contam com ar-condicionado, sistema de monitoramento por câmeras, TV, sistema de detecção e extinção de incêndio, painéis eletrônicos de comunicação e sistema de freios mais modernos com controle de patinagem e deslizamento.

Além de receber novos trens, a linha 7 também está recebendo investimentos para melhoria de toda a extensão da via terrestre com novo sistema de sinalização, construção da estação Vila Aurora (entre Jaraguá e Perus), modernização das estações de Francisco Morato e Franco da Rocha, além da construção de um viaduto em Caieiras, eliminando a passagem de nível pelo local e possibilitando a redução do intervalo dos trens.

Fonte: CPTM / Blog do Jaraguá (adaptação)

null

Novas estações de trem da CPTM: Jaraguá e Vila Aurora

Em novembro de 2007 a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) divulgou em seu site todo o planejamento para o “Plano de Expansão do Transporte Metropolitano”, projeto do Governo de SP que tem custo estimado em R$ 20 bilhões entre aquisições de novos trens (serão mais de 120 novas composições) e a construção e modernização de 28 estações de trem e metrô. O objetivo principal é de aumentar de 61 km para 240 km a malha ferroviária do estado com qualidade de metrô. Entre muitas novidades, haviam as informações de que seriam construídas, até o final de 2010, a Estação Vila Aurora e a nova Estação Jaraguá, substituindo a atual em operação, construída em 1891 com nome de Taipas e hoje tombada pelo patrimônio público, ambas na Linha 7 – Rubi [Luz – Francisco Morato].

Thread da nova estação Jaraguá
Estação Jaraguá Estação Jaraguá Estação Jaraguá

Segundo a CPTM, a nova Estação Jaraguá tem investimento calculado em R$ 27 milhões e o processo de licitação terá início assim que os recursos forem liberados pelo Governo Paulista.

Thread da Estação Vila Aurora
Estação Jaraguá Estação Jaraguá

Já a Estação Vila Aurora está com andamento mais adiantado. O processo de licitação está em seu processo final e o início das obras se darão assim que essa fase for concluída. O investimento total é de R$34 milhões e o término está previsto para dezembro de 2010. Essa obra irá atender aos moradores dos bairros Cidade D’Abril, Jardim Ipanema, Vila Santa Lucrecia, Parque Nações Unidas, Conjunto Habitacional Voith e Parque Jaraguá, da Zona Oeste de SP, além de contar com total acessibilidade para deficientes físicos.

Saiba mais sobre o Plano de Expansão do Transporte Metropolitano do Governo Paulista, clicando aqui.

Fonte: Blog do Jaraguá

null

Jaraguá abrigará ‘novo Anhembi’

A primeira publicação a respeito do ‘novo Anhembi’ em São Paulo foi feita em janeiro, pelo jornal O Estado de S. Paulo. Um novo complexo que abrigará grandes shows e eventos na cidade de São Paulo pode ser construído no bairro do Jaraguá.

Esse complexo, 12 vezes maior que o Parque do Anhembi em Santana, foi decretado de utilidade pública para desapropriação. O terreno possui 4,9 milhões de metros quadrados, porém 1 milhão de m² desse espaço não pode ser utilizado já que é designado como local de preservação da mata.

Um projeto do pólo de eventos e de uma arena multioso para aproximadamente 40 mil pessoas está sendo elaborado pela Empresa Municipal de Urbanização (Emurb) e o dinheiro a ser investido no local deve vir de uma parceria público-privada.

A proximidade com o Rodoanel e com a Rodovia dos Bandeirantes são dois pontos fundamentais para a escolha do local. Além de ser próximo das estações Jaraguá e Vila Clarice da CPTM. No local pretende-se ainda a realização de grandes eventos ligados ao turismo de São Paulo no período da Copa 2014. Com a construção desse centro de exposições e do espaço multiuso, viriam também grandes investimentos para o Jaraguá e região com investimentos em urbanização e transporte.

Clique aqui e veja no Google Maps a localização do terreno.

Anúncios