Posts Tagged ‘ jaraguá ’

Complexo Viário Jaraguá: Quando haverá a finalização?

Acesso à Rua Juinamirim através da Avenida Doutor Felipe Pinel

Em março de 2010 o bairro do Jaraguá teve a entrega do segundo viaduto que deu um fim à passagem de nível sobre a estação Jaraguá da CPTM. Hoje o viaduto liga a Rua Jerimanduba à Estrada de Taipas, com duas pistas com duas faixas por sentido, num fluxo estimado de 2500 carros por hora.

Na dia da inauguração, muita festa. O senhor prefeito Gilberto Kassab, os vereadores Paulo FrangeClaudinho de Souza e Eliseu Gabriel, os deputados Celino Cardoso, José Anibal e Raul Cortez e a então subprefeita de Pirituba-Jaraguá Andrea Pelizari fizeram um belo discurso para a tal inauguração do “Complexo”.

Porém hoje a situação não é de muita festa e alegria para os motoristas que usam o que seria o complexo viário Jaraguá.


Passados 27 meses da inauguração, ainda há um importante acesso a ser feito para quem vem, por exemplo, dos bairros de Pirituba e Lapa pela Avenida Doutor Felipe Pinel.

Pouco antes da inauguração do segundo viaduto, foram feitas terraplanagens e calçadas no que hoje era pra ser a continuação da Avenida Doutor Felipe Pinel que daria acesso direto até a Rua Juinamirim e então acesso ao viaduto, sem precisar passar pelas ruas Pascoal Montanha, Arapoema, Turvânia e Serranópolis. Hoje essa rua que falta pavimentação e sinalização, está abandonada, com o mato invadindo as calçadas e a área onde foi feita a terraplanagem para então ser asfaltada e com carros abandonados.

Além disso, em ambos os lados do viaduto, para coibir a conversão proibida dos motoristas recém saídos do viaduto, foram colocados blocos de concreto separando os sentidos da via, ao invés de serem implantadas canteiros centrais dando um melhor aspecto ao local. Um verdadeiro quebra-galho.

E, para finalizar, a questão dos ambulantes debaixo e arredores do viaduto. Onde poderiam instalar um bicicletário e um estacionamento, por exemplo, o que se vê são inúmeros ambulantes vendendo seus produtos falsificados e atrapalhando a movimentação dos pedestres nas calçadas.

Até quando isso será parte do cotidiano dos moradores do Jaraguá?

Atualização 1: E-mails enviados para a Subprefeitura de Pirituba/Jaraguá e SIURB e aberta ocorrência no SAC da Prefeitura de São Paulo em 14de Junho de 2012.

Texto: Blog do Jaraguá
Fotos: Heber Lopes

31.png (499×45)

Anúncios

Capacitação de jovens – VOITH / SENAI

=========================================================

PROCESSO SELETIVO ENCERRADO EM 01/06/2012

=========================================================

A Voith em parceria com o SENAI mantém um programa de formação de nível técnico para capacitação de jovens com o objetivo de promover e facilitar o ingresso no mercado de trabalho.

Por meio de processo seletivo, serão oferecidos cursos técnicos  e também de capacitação profissional, com duração de até quatro anos.

CURSOS TÉCNICOS (duração de 3 meses)

Em parceria com o SENAI Jorge Mahfuz (unidade Pirituba), serão oferecidos os cursos de Soldador de Solda Elétrica e Oxiacetileno, Montador de Estruturas Metálicas e Auxiliar Mecânico de Manutenção através do PEM (Programa Escola Móvel). Os cursos, com início em outubro, serão ministrados nas dependências do Grupo Voith, no bairro do Jaraguá, nos horários das 07h30 às 11h30 e das 12h30 às 16h30.

De acordo com a empresa, os candidatos que apresentarem melhor aproveitamento serão contemplados com estágio de um ano nas áreas fabris e o curso de Eletricista (SENAI Pirituba) em período noturno.

Os pré-requisitos são:
1. Ter idade entre 18 e 22 anos até setembro de 2012;
2. Ter o ensino médio completo em 2012;
3. Residir nos bairros de Jaraguá, Pirituba, Perus, Freguesia do Ó, Brasilândia, Cachoeirinha e municípios de Caieiras, Osasco, Franco da Rocha e Francisco Morato;
4. Não estar matriculado, cursando ou ter concluído alguma qualificação profissional pelo SENAI (CAI ou Técnico).

PROJETO DUAL SENAI-VOITH (duração de 4 anos)

Durante os três primeiros anos, os jovens desenvolvem atividades teóricas e práticas nas áreas de metalurgia e mecânica. No último ano do projeto, realizam a etapa de especialização na área de maior interesse de acordo com o aprendizado desenvolvido ao longo do projeto.

O curso será desenvolvido nas Escolas SENAI Jorge Mahfuz (Pirituba), SENAI Mariano Ferraz (Leopoldina), SENAI Nadir Dias de Figueiredo (Osasco) e nas dependências da Voith, tendo o início em 21/01/2013 em período integral.

Os pré-requisitos são:
1. Ter nascido entre janeiro de 1996 até setembro de 1997;
2. Estar cursando o ensino médio em 2012;
3. Não estar matriculado, cursando ou ter concluído uma qualificação profissional pelo SENAI (CAI ou Técnico).

PROGRAMAÇÃO DO PROCESSO SELETIVO
Período de recebimento dos currículos na Voith: 21 de maio a 01 de junho.
O candidato deverá encaminhar seu currículo para um dos seguintes e-mails: VPPprojetopem@voith.com (Curso técnico) OU VPPprojetodual@voith.com (Projeto DUAL SENAI-VOITH) contendo as informações:
• nome completo do candidato
• data de nascimento
• endereço para correspondência com CEP
• telefone
• escolaridade
• nome da escola em que concluiu o ensino médio (no caso do curso técnico) ou nome de escola em que estuda (no caso do projeto DUAL)
• número do CPF
• número do RG

Dúvidas sobre o processo seletivo poderão ser tiradas no telefone 3944-5316 no horário das 12h30 às 16h30 no Centro de Formação Técnica da Voith.

Fonte: Voith Brasil
Adaptação: Blog do Jaraguá

Diminui o orçamento da Subprefeitura Jaraguá/Pirituba para 2012

No final do ano de 2011, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou um aumento de mais de R$3 bilhões no orçamento da capital paulista para o ano de 2012. Com o aumento, o orçamento previsto para a Prefeitura de São Paulo ultrapassa os R$38 bilhões, que serão aplicados, entre outros destinos, em educação, saúde, pagamento de dívidas, juros, amortizações e precatórios, aumento na gratificação destinada aos professores, guardas civis metropolitanos e profissionais da área da saúde, projetos urbanos na cidade e, claro, obras de “maquiagem eleitoral”, já que neste ano a população irá às urnas decidir quem ocupará a cadeira de prefeito no próximo ano.

Porém, apesar do aumento no orçamento, o repasse do dinheiro para as subprefeitura teve cortes que chegam à 45% em algumas das subprefeituras da capital, como é o caso de M’Boi Mirim, ou Capela do Socorro, que teve um corte de 29%. Em contrapartida, a subprefeitura de Pinheiros, que hoje tem um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) superior à Noruega, foi ‘premiada’ com 15% de aumento no orçamento para o ano de 2012.

Para nós, moradores localizados na área da Subprefeitura Pirituba/Jaraguá, as notícias não são das melhores. Com um orçamento de R$36.220.114 em 2011, a Câmara aprovou uma redução de 4% para esse ano, estabelecendo como orçamento um valor de R$34.757.566.

Fonte: Prefeitura de São Paulo / G1 / O Estado de S.Paulo

EXCLUSIVO: Fotos do projeto Expo São Paulo

O BLOG DO JARAGUÁ conseguiu, com exclusividade, fotos do projeto inicial do complexo EXPO SÃO PAULO. O mega empreendimento, localizado entre os bairros de Jaraguá e Pirituba terá sua construção dividida em quatro etapas, conforme post publicado em 13/01 aqui no Blog do Jaraguá (veja aqui).

Confira as fotos.

PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES 1

CENTRO DE CONVENÇÕES

SHOPPING CENTER

HOTÉIS 1 E 2

Agradecimento: SP Turis

null

Agenda 2012

No início de 2009 foi criado pela Prefeitura de São Paulo um programa de metas chamado de Agenda 2012. Esse programa tem como objetivo apontar as ações prioritárias da administração em cada uma das 31 subprefeituras existentes na cidade.

O programa, que possui 223 metas a serem cumpridas até o final da gestão do atual prefeito, teve expeciências similares em outros lugares do mundo, como Minneapolis (EUA), Barcelona (Espanha) e Bogotá (Colômbia) e tende a deixar a cidade mais justa, sustentável, criativa, empregadora, eficiente e inclusiva aos cidadãos. São Paulo foi a primeira cidade brasileira a aprovar um programa de metas como esse. E, segundo lei criada pelo governo federal, todas as metas devem ser de conhecimento da população, por isso foi criado pela prefeitura paulistana o site www.agenda2012.com.br onde todo cidadão pode acompanhar o andamento de cada uma das metas definidas.

Aqui no Blog do Jaraguá você fica sabendo quais foram essas metas criadas pela Subprefeitura Pirituba / Jaraguá para o distrito do Jaraguá.


– Ampliação do Programa Saúde da Família
– Atendimento a 100% das crianças cadastradas para vagas em pré-escola (3 a 5 anos)
– Implantação da jornada de seis horas nas EMEIs
– Implantação da jornada de sete horas nas EMEFs
– Implantação do ciclo de nove anos no Ensino Fundamental
– Atendimento a família no Programa de Urbanização de Favelas
– Atendimento a família no Programa de Regularização Fundiária


– Profissionalização do estudante por meio de ensino técnico


– Implantação de Posto de Coleta Voluntária de Material Reciclável em escolas, unidades de saúde e outros locais conveniados
– Implantação do Programa Pura (economia de água) em 100% das escolas

As ações acima são as apontadas diretamente ao distrito do Jaraguá, mas não significa que apenas essas ações serão tomadas no bairro. Outras metas são aplicáveis a todo município, além de outras que não foram regionalizadas por completo.

Farei aqui no blog posts regulares a respeito desse programa, mas é possível fazer o monitoramento diretamente do site criado pela prefeitura.

null

Prefeitura anuncia a construção de Centro de Exposições em terreno entre Jaraguá e Pirituba

O prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab, anunciou no dia 29/12 o projeto da construção de um moderno Parque de Exposições e Eventos em terreno de utilidade pública situado entre os bairros de Pirituba e Jaraguá.

Conforme noticiado pelo Blog do Jaraguá no final de 2008 (veja aqui), o terreno compreende uma área de mais de 4,9 milhões de metros quadrados e o projeto do complexo, batizado de Expo São Paulo, prevê a construção de três parques de exposições totalizando 420 mil m² com capacidade para 6 mil pessoas (será um dos três maiores do mundo), um centro de convenções, hotéis, uma arena multiuso, um shopping center, entre outras construções.

A oportunidade de construir o mega empreendimento não poderia vir em melhor hora. Hoje São Paulo sedia 75% das feiras de negócios realizadas no Brasil e é o 12º destino do mundo no que diz respeito a eventos internacionais. Segundo dados da SPTuris, São Paulo realiza um evento a cada seis minutos e uma feira de negócios a cada três dias. E seu maior centro de exposições, o Anhembi – localizado na Marginal Tietê – está com 80% da agenda lotada até 2016.

Para a construção do Pólo de Eventos, a Prefeitura e Governo de São Paulo trabalharão com o modelo PPP (Parceria Público Privada), onde a prefeitura ficaria responsável  pela elaboração e execução do projeto,  que poderá custar até R$6 bilhões e o governo ficaria a cargo de melhorias com a infraestrutura e o transporte no local. Uma das principais ações do Governo será a execução de um acesso de aproximadamente um quilômetro ligando a Rodovia dos Bandeirantes até as ruas do bairro, sem utilizar as vias internas já existentes.

O edital de licitação deve ficar pronto ainda esse semestre. O Centro de Convenções deve ficar pronto até 2014 para receber a convenção da FIFA para a Copa do Mundo, já todo o complexo deve ser concluído em 2020, ano em que São Paulo pretende sediar a Expo Mundial.

A obra deve ser desenvolvido em quatro etapas, conforme números abaixo:

1ª etapa:
– Um parque de exposições de 160 mil m² com estacionamento de 7.200 vagas
– Um centro de convenções de 60 mil m² com capacidade de 6.500 lugares e 3.400 vagas de estacionamento
– Um shopping center com 42 mil m² e 1.500 vagas para veículos
– Um centro de logística de 22.900 m²
– Dois hotéis com 540 quartos
– Uma área de exposições descoberta com 171 mil m²
* Nessa primeira fase do projeto, serão construídos a infraestrutura necessária (sistema viário, canalização de córregos, redes de água e esgoto) e um dos dois acessos previstos à Rodovia dos Bandeirantes.

2ª etapa:
– Um pavilhão de exposições de 120 mil m²
– Três edifícios comerciais que somam 83 pavimentos
– Um Hotel Convention Center com 560 quartos.

3ª etapa:
– Um pavilhão de exposições com 140 mil m²
– Dois edifícios comerciais com 25 pavimentos.

4ª etapa:
– Uma arena multiuso com capacidade para 20 mil pessoas e 10 mil vagas de estacionamento.

Fonte: Prefeitura de São Paulo / Governo do Estado de SP / SPTuris

null

Condephaat oficializa tombamento da Estação Jaraguá

Em 17 de julho de 2010 foi ofilizado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo, o tombamento da Estação Ferroviária Jaraguá.

A Estação Jaraguá, situada na Linha Rubi (antiga linha 7), se juntou a partir dessa data à outras dez estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) que já foram tombadas pelo órgão a partir dos anos 70/80 e que ainda hoje estão em operação. As outras estações são: Jundiaí, Várzea Paulista, Franco da Rocha, Caieiras, Perus (Linha Rubi) e Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires (Linha Turquesa).

Inaugurada em Outubro de 1891, a estação foi inicialmente chamada de Taipas e teve seu nome mudado para Jaraguá em meados de 1940 e é a única estação da CPTM que possui as plataformas em locais diferentes, não estando paralelas uma a outra.

Fonte: CPTM / Blog do Jaraguá (adaptação)
Fotos: Julio Cesar de Paiva

null

Anúncios