Archive for the ‘ Diversos ’ Category

EXCLUSIVO: Fotos do projeto Expo São Paulo

O BLOG DO JARAGUÁ conseguiu, com exclusividade, fotos do projeto inicial do complexo EXPO SÃO PAULO. O mega empreendimento, localizado entre os bairros de Jaraguá e Pirituba terá sua construção dividida em quatro etapas, conforme post publicado em 13/01 aqui no Blog do Jaraguá (veja aqui).

Confira as fotos.

PAVILHÃO DE EXPOSIÇÕES 1

CENTRO DE CONVENÇÕES

SHOPPING CENTER

HOTÉIS 1 E 2

Agradecimento: SP Turis

null

Anúncios

Prefeitura anuncia a construção de Centro de Exposições em terreno entre Jaraguá e Pirituba

O prefeito da cidade de São Paulo, Gilberto Kassab, anunciou no dia 29/12 o projeto da construção de um moderno Parque de Exposições e Eventos em terreno de utilidade pública situado entre os bairros de Pirituba e Jaraguá.

Conforme noticiado pelo Blog do Jaraguá no final de 2008 (veja aqui), o terreno compreende uma área de mais de 4,9 milhões de metros quadrados e o projeto do complexo, batizado de Expo São Paulo, prevê a construção de três parques de exposições totalizando 420 mil m² com capacidade para 6 mil pessoas (será um dos três maiores do mundo), um centro de convenções, hotéis, uma arena multiuso, um shopping center, entre outras construções.

A oportunidade de construir o mega empreendimento não poderia vir em melhor hora. Hoje São Paulo sedia 75% das feiras de negócios realizadas no Brasil e é o 12º destino do mundo no que diz respeito a eventos internacionais. Segundo dados da SPTuris, São Paulo realiza um evento a cada seis minutos e uma feira de negócios a cada três dias. E seu maior centro de exposições, o Anhembi – localizado na Marginal Tietê – está com 80% da agenda lotada até 2016.

Para a construção do Pólo de Eventos, a Prefeitura e Governo de São Paulo trabalharão com o modelo PPP (Parceria Público Privada), onde a prefeitura ficaria responsável  pela elaboração e execução do projeto,  que poderá custar até R$6 bilhões e o governo ficaria a cargo de melhorias com a infraestrutura e o transporte no local. Uma das principais ações do Governo será a execução de um acesso de aproximadamente um quilômetro ligando a Rodovia dos Bandeirantes até as ruas do bairro, sem utilizar as vias internas já existentes.

O edital de licitação deve ficar pronto ainda esse semestre. O Centro de Convenções deve ficar pronto até 2014 para receber a convenção da FIFA para a Copa do Mundo, já todo o complexo deve ser concluído em 2020, ano em que São Paulo pretende sediar a Expo Mundial.

A obra deve ser desenvolvido em quatro etapas, conforme números abaixo:

1ª etapa:
– Um parque de exposições de 160 mil m² com estacionamento de 7.200 vagas
– Um centro de convenções de 60 mil m² com capacidade de 6.500 lugares e 3.400 vagas de estacionamento
– Um shopping center com 42 mil m² e 1.500 vagas para veículos
– Um centro de logística de 22.900 m²
– Dois hotéis com 540 quartos
– Uma área de exposições descoberta com 171 mil m²
* Nessa primeira fase do projeto, serão construídos a infraestrutura necessária (sistema viário, canalização de córregos, redes de água e esgoto) e um dos dois acessos previstos à Rodovia dos Bandeirantes.

2ª etapa:
– Um pavilhão de exposições de 120 mil m²
– Três edifícios comerciais que somam 83 pavimentos
– Um Hotel Convention Center com 560 quartos.

3ª etapa:
– Um pavilhão de exposições com 140 mil m²
– Dois edifícios comerciais com 25 pavimentos.

4ª etapa:
– Uma arena multiuso com capacidade para 20 mil pessoas e 10 mil vagas de estacionamento.

Fonte: Prefeitura de São Paulo / Governo do Estado de SP / SPTuris

null

Condephaat oficializa tombamento da Estação Jaraguá

Em 17 de julho de 2010 foi ofilizado pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo, o tombamento da Estação Ferroviária Jaraguá.

A Estação Jaraguá, situada na Linha Rubi (antiga linha 7), se juntou a partir dessa data à outras dez estações da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) que já foram tombadas pelo órgão a partir dos anos 70/80 e que ainda hoje estão em operação. As outras estações são: Jundiaí, Várzea Paulista, Franco da Rocha, Caieiras, Perus (Linha Rubi) e Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires (Linha Turquesa).

Inaugurada em Outubro de 1891, a estação foi inicialmente chamada de Taipas e teve seu nome mudado para Jaraguá em meados de 1940 e é a única estação da CPTM que possui as plataformas em locais diferentes, não estando paralelas uma a outra.

Fonte: CPTM / Blog do Jaraguá (adaptação)
Fotos: Julio Cesar de Paiva

null

Jaraguá recebe o 16º Centro de Referência da Assistência Social

O bairro do Jaraguá recebeu, no mês de setembro, a 16ª unidade do CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) da cidade de São Paulo. No local são oferecidos serviços de proteção social e inclusão em programas sociais.

A unidade implantada no bairro é a pioneira no programa da Prefeitura de São Paulo de colocar, em cada um dos 91 distritos do município, uma unidade distrital para aproximar a população dos atendimentos necessários. “O Cras é um instrumento fundamental, pois as pessoas que mais precisam desse atendimento precisam tê-lo ao seu lado. Para que elas possam ir a pé ou, no máximo, pegar um ônibus que circule no bairro e em poucos minutos chegar no equipamento. É isso que vai passar a acontecer aqui no Jaraguá“, disse o prefeito Gilberto Kassab durante a inauguração.

Este slideshow necessita de JavaScript.


Sobre o CRAS Jaraguá
:
Com 164 m² de área construída, o CRAS Jaraguá vai atender cerca de 5 mil pessoas por mês e conta com salas de atendimento individual e de grupos, fraldário, sala para reunião com grupos de famílias, banheiros, sendo um adaptado para deficientes, além de um espaço lúdico para crianças.

Uma equipe multidisciplinar composta por assistentes sociais e de políticas públicas, psicólogos, entre outros profissionais, estará à disposição para atender as demandas dos usuários.

Entre os serviços oferecidos pelo Cras estão a inclusão em programas de transferência de renda e o trabalho em conjunto com a Defesa Civil nos casos de emergência e calamidade pública.

Serviço:
Endereço: Rua Barra Forquilha, 300 – Jardim Panamericano
Horário de atendimento: Segunda à Sexta, das 08hs às 18hs
Telelefone: 3942-4860
E-mail: crasjaragua@prefeitura.sp.gov.br

Fonte: Prefeitura de São Paulo / Blog do Jaraguá (adaptação)
Fotos: Prefeitura de São Paulo

null

Pico do Jaraguá no Mapa das Sensações de SP

Em pesquisa realizada com mais de 2,5 mil pessoas visitantes e moradoras da cidade de São Paulo, a SPTuris lançou no último dia 24 de novembro o Mapa das Sensações de São Paulo.

O Mapa das Sensações começou com a indicação dos entrevistados dos lugares da capital que remetessem a cada um dos 5 sentidos – Visão, Audição, Tato, Paladar e Olfato. Dessas indicações, 100 foram os mais citados e 20 os mais votados.

Na segunda etapa da pesquisa, os 20 lugares mais votados foram visitados por turistas que mediram suas sensações e através delas se formou o Mapa das Sensações, que traduz o que São Paulo tem de melhor.

O Parque Estadual do Jaraguá foi um dois mais votados pelos entrevistados e está na publicação – com tiragem inicial de 195 mil exemplares – que será entregue em táxis, hotéis, albergues e centrais de informações turísticas da cidade.

Conheça mais desse projeto pioneiro no Brasil, realizado pela SPTuris no site http://www.mapadassensacoes.com.br.

Fonte: Mapa das Sensações – SP Turis / Prefeitura de SP
null

Blog do Jaraguá no Twitter

Procurando manter um contato ainda maior com os moradores do Jaraguá, o blog agora conta com a ferramenta Twitter. Acompanhe as novidades do bairro também com essa novidade: http://twitter.com/blogdojaragua.

Com ouro do Jaraguá

A revista Veja São Paulo dessa semana (03/12/08) publicou o seguinte artigo na seção de “Mistérios da Cidade”.

Com ouro do Jaraguá

Estas moedas de ouro de 4 cruzados, produzidas em Portugal em 1643, podiam comprar 40 litros de azeite ou 2 300 ovos em meados do século XVII. Modelos idênticos começaram a ser cunhados em São Paulo cerca de dois anos depois, quando foi inaugurada a primeira fábrica de dinheiro do país, nos arredores do Pátio do Colégio. “Elas eram feitas com ouro extraído na região do Pico do Jaraguá”, diz Alfredo Gallas, que escreveu com Fernanda Disperati A Casa da Moeda de São Paulo, a Primeira do Brasil, e os Meios de Pagamento Emitidos Nessa Cidade. O lançamento da obra será na quinta (4), durante o VI Congresso Latino-Americano de Numismática, no Hotel Ca’d’Oro (3333-7004).

Fonte: Veja São Paulo

Anúncios